Para o funcionamento de novas gerações de veículos pesados, a distribuição de AdBlue® torna-se agora essencial. A AS 24 desenvolve a sua rede e acompanha os profissionais do transporte.
Com cerca de 100 % dos seus postos de abastecimento equipados em França, AS 24 tornou-se a primeira rede de distribuição de AdBlue® no posto. O abastecimento do seu parque de veículos está garantido a cada 50 km. 

O que é oAdBlue®?

  • O AdBlue® é uma solução aquosa composta por 32,5% de ureia de alta pureza e por 67,5% de água desmineralizada conforme à norma ISO 22241. A ureia utlizada para o AdBlue® é um produto sintético de elevada pureza, em geral fabricado a partir de gás natural e usado nos adubos químicos ou nos plásticos.
  • Biodegradável, solúvel em água e incolor, o AdBlue® cristaliza a -11°C e decompõem-se em amoníaco a partir de 80°C.
  • O AdBlue® é um produto classificado como não perigoso.
  • O AdBlue® é utilizado pelos veículos a Diesel equipados com a tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction). SCR é o nome da tecnologia de tratamento dos gases de escape que converte num catalisador os óxidos de azoto (NOx), em vapor de água e em azoto graças à utilização do AdBlue®.
  • AdBlue® conserva-se num tanque separado do reservatório de Gasóleo.

Porquê AdBlue® com o símbolo R?

AdBlue® é uma marca registrada de propriedade da Associação Alemã da Indústria Automotiva (VDA), que assegura a conformidade dos padrões de qualidade do produto.

Para que serve o AdBlue®?

O AdBlue® vem dar resposta aos novos padrões dos fabricantes que evoluíram os seus sistemas de escape para cumprir a norma Europeia antipoluição (a partir da classe Euro IV).

Em vigor desde outubro de 2006, todos os camiões fabricados devem estar equipados com a tecnologia SCR e devem utilizar AdBlue®.

Como funciona o AdBlue® e a tecnologia SCR?

O que se passa no motor
A combustão do combustível provoca o aparecimento de NOx (óxido de azoto), que resultam na combinação de azoto e de oxigénio num ar de alta temperatura.
O que se passa no escape
O AdBlue® é injetado no tubo de escape, situado antes do catalisador SCR e depois do motor. 
Aquecido no escape, o AdBlue® decompõem-se em amoníaco (NH3) e em dióxido de carbono (CO2).
O que se passa no SCR
Quando os NOx reagem no interior do catalisador com o amoníaco, as moléculas de NOx nocivas são transformadas em azoto inofensivo (N2) e em água (H2O).A reação química deve seguir este esquema, o AdBlue® e o diesel não devem de forma alguma ser previamente misturados!

Abastecer-se em AdBlue® na AS 24: uma escolha astuta!

AS 24: a primeira rede de distribuição de AdBlue® na bomba na Europa.

A AS 24 facilita o seu aprovisionamento em AdBlue®. Graças à rede AS 24, acede a:

  • Preços competitivos, país por país
  • mais de 600 postos equipados em 28 países da Europa
  • uma gestão simplificada: uma única fatura para os seus consumos de Gasóleo, AdBlue®, FOD e GNR.

As vantagens ao abastecer na AS 24

  • Otimização do tempo dos motoristas no posto, combinando os abastecimentos de Gasóleo e de AdBlue®.
  • Eliminação dos constrangimentos de armazenamento encontrados com a cuba ou o IBC e dos custos associados.
  • Simplificação da gestão e melhoria do controlo das transações.
  • Produto de qualidade ao melhor preço na bomba.
  • As vantagens AS 24:

A referência em França: perto de 100% dos postos equipados, ou seja um posto a cada 50km.
3 postos AS 24 em cada 4 equipados na Europa.

O consumo de AdBlue®

O consumo de AdBlue® é mais ou menos proporcional à quilometragem. Outros fatores, como o tipo de condução, a temperatura ambiente e o tipo de trajeto, atuam igualmente sobre o consumo.

A utilização média de AdBlue® relativamente ao diesel para o camiões é de 4 a 5%.

  • Para uma distribuição local: cerca de 500L/ano
  • Para uma distribuição nacional: cerca de 1000L/ano
  • Para uma distribuição internacional: cerca de 2000L/ano

Conselhos de utilização

  • AdBlue® está classificado como produto não perigoso: em caso de projeção sobre o vestuário ou a pele, a recomendação consiste em passar por água.
  • AdBlue® pode ter uma ação corrosiva sobre certos metais: em caso de projeção, passar por água.
  • Não utilizar equipamento (bidões, barris) que serviram para outros líquidos para encher de AdBlue®.

No posto de abastecimento AS 24, normalmente, não é possível colocar AdBlue® no reservatório de Gasóleo porque a mangueira está equipada com uma cavilha que impede o funcionamento se esta última não se encontra no tanque de AdBlue®do veículo.

Em contrapartida, não é possível colocar Gasóleo no reservatório de AdBlue®, porque o diâmetro do reservatório de AdBlue® é mais pequeno do que o diâmetro da mangueira de distribuição de Gasóleo.

Os riscos de mistura AdBlue® + Diesel

Nunca se deve misturar AdBlue® com água ou outras substâncias, em especial o Diesel.
Esta mistura é bastante arriscada pois pode danificar gravemente o sistema SCR, e resultar em custos de reparação onerosos.