O sistema de portagem eletrónico checo foi instalado pela sociedade Kapsch que garante a respetiva gestão. O sistema de portagem chama-se PREMID, em checo Dálniční poplatek ou Myto. A portagem é uma taxa governamental que visa todos os veículos motorizados com um peso total autorizado em carga superior a 3,5 toneladas. As vias rápidas, autoestradas e estradas de primeira classe são sujeitas a portagem.

As suas soluções de portagens AS 24 na República checa: como funciona?

Os sistemas de portagens aplicáveis

Na República checa, a portagem é inteiramente automática através do sistema On Board Unit (OBU), que funciona por micro-ondas tal como o dispositivo PASSango AS 24. A lei obriga os motoristas que entram na República checa a deter um dispositivo, Pre- ou Post-Pay.

As soluções AS 24

  • Pre-Pay

Caso os camiões apenas circulem ocasionamentnte na República checa, é preferível optar pelo modo Pre-Pay. Cada PREMID é associado a um cartão AS 24 EUROTRAFIC. O seu dispositivo poderá ser creditado de um montante situado entre 60 e 580 euros, recarregável em 100 pontos de venda GO.

  • Post-Pay

Para utilizações mais regulares, a AS 24 propõe-lhe o dispositivo Post-Pay para simplificar a sua passagem pelas portagens na República checa. A transação é feita em diferido, não existe qualquer obrigação de recarregar o PREMID.

 

Produto

Cartão AS 24 EUROTRAFIC

Materialização

carte_eurotrafic.png

Descrição

O cartão que lhe dá acesso às redes de portagens e de postos de combustível da Europa. Facilita igualmente o pagmento das taxas estrangeiras.

 

O funcionamento na gare de portagem

Estão construídos pórticos na rede rodoviária checa. São equipados de antenas de portagem que asseguram as comunicações com o On Board Unit PREMID.
Os postos de controlo e de alfândega verificam que os camiões estão devidamente equipados com o sistema OBU (On Board Unit). Podem igualmente ser implementados postos móveis. É o motorista que é igualmente responsável pelo bom funcionamento do OBU.
Como não existem gares de portagem obrigando o motorista a parar ou a abrandar, não há vias a escolher.
Em contrapartida, o motorista deve obrigatoriamente assegurar-se de que o OBU (On Board Unit) emitiu um sinal sonoro, validando o facto de que a passagem oi efetivamente detetada pelo pórtico.

A saber

  • conheça a lista de centros de distrubuição PREMID aqui
  • conheça a lista de centros de contacto PREMID aqui